Exigimos a imediata demissão do ainda ministro Roberto Alvim

Por: Marcos L Susskind

*_Pela demissão imediata de Roberto Alvim – sem demora!_*

Independente de posição política – esquerda, direita ou centro. Independente da fé – Cristão, Budista, Judeu, Islâmico, Ateu. Independente da cor, da opção sexual, do nível educacional, exigimos a imediata demissão do ainda ministro Roberto Alvim que emulou de todas as formas possíveis o canalha nazista Goebbels.

Alvim praticamente copiou suas palavras, postou-se frente à câmara como ele o fazia e para cúmulo do desrespeito ainda colocou a música do “ariano convicto”, racista e beligerante Wagner.

Nazista


Esta atitude ofende de forma frontal a todos que foram vítimas da matança nazista: os deficientes físicos, os ciganos, os Judeus, os homossexuais, os líderes sindicais, os oponentes políticos, os intelectuais, os deficientes mentais. Esta matança foi possível gracas à força da propaganda Nazista comandada por Goebbels, que acaba de ser repetida pelo ainda ministro da cultura roberto alvim (minúsculas intencionais).

O mundo que vê ressurgir a intolerância: antissemitismo na Europa, matança de homossexuais no Irã, desterro de Ciganos na França, morte de Cristãos na Síria, Somália e Iraque.

Basta!

O Brasil, com sua população tolerante, país que historicamente acolheu minorias, país que se beneficiou e segue se beneficiando do aporte de tantas etnias é até hoje, exemplo de convivência.

Não aceitaremos que um extremista traga para nosso solo a intolerância, a beligerancia e o desprezo por qualquer grupo seja ele nacional, religioso, racial ou de costumes.

Queremos roberto alvim fora do governo, já, incontinenti. E sem maiúsculas.

O mero compartilhamento desta mensagem reflete meu repúdio ao ódio e ao ainda ministro.

Viva Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Israel recebe mais de 40 líderes mundiais em Fórum do Holocausto no Yad Vashem em Jerusalém.

qui jan 23 , 2020
O evento em memória das vítimas do holocausto conta com a presença de grandes potências globais como EUA, Rússia, Alemanha, França, Reino Unido, dentre outros. Nesta quinta-feira (23) acontece o Quinto Fórum Mundial do Holocausto, intitulado: “Lembrando o Holocausto, combatendo o anti-semitismo” com presença confirmada de mais de 40 líderes […]
Yas Vashen