Após vitória eleitoral, Netanyahu em boa posição para formar governo

1
netanyahu
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, ao lado de sua esposa, Sara Netanyahu, em Tel Aviv, em 3 de março de 2020

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu se encaminha nesta terça-feira para uma vitória convincente nas eleições legislativas, o que o coloca em posição de força para formar o próximo governo.

Com 99% dos votos apurados pela comissão eleitoral, o Likud (direita) de Netanyahu obtém 29,3% dos votos, contra 26,3% para o partido centrista “Azul-Branco” de seu principal rival Benny Gantz.

No sistema israelense, estes índices são traduzidos em 36 cadeiras para o Likud, contra 32 para o ex-general Benny Gantz.

Com seus aliados da direita e dos partidos judeus ultraortodoxos, o Likud poderia contar, após as terceiras eleições legislativas em menos de um ano, com um total de 59 assentos, faltando apenas dois para uma maioria parlamentar, de acordo com as previsões.

“Em breve encontraremos as vozes que faltam no outro bloco”, disse o porta-voz do Likud, Jonathan Urich, à rádio militar. “Já estamos em contato com vários deputados do outro campo”, afirmou.

Netanyahu, primeiro-ministro mais longevo da história de Israel, com 14 anos de poder, comemorou por ter conquistado “a vitória mais importante de sua vida”, diante de uma multidão de apoiadores reunidos em Tel Aviv.

Se o Likud ultrapassar 35 cadeiras, será o melhor resultado do partido de Benjamin Netanyahu.

“É uma vitória… contra todas as probabilidades e à custa daqueles que previram o fim da era Netanyahu”.

Após as eleições de abril e setembro, Netanyahu não conseguiu formar um governo de unidade nacional.

No entanto, é “a única solução lógica” para romper o impasse em que Israel está mergulhado há quase um ano, de acordo com o influente comentarista político Ben Caspit, crítico do primeiro-ministro.

Um governo de unidade poderia permitir que Netanyahu “permaneça no poder por mais um ano e negocie (com a justiça) numa posição confortável”, escreveu Caspit nas páginas do jornal Maariv.

O primeiro-ministro proclama sua inocência e afirma ser vítima de uma “caça às bruxas”.

Os eleitores de Benny Gantz esperam que os resultados oficiais diminuam a diferença entre os dois campos. “Esperávamos outro resultado”, admitiu.

Seu partido “Azul-Branco” apostava no apoio dos partidos de esquerda, que se uniram para esta eleição, mas cujos resultados são decepcionantes (6 ou 7 assentos no total). O líder da esquerda, Amir Peretz, acusou Gantz de ter realizado “uma campanha irresponsável” que “minou” todo o bloco.

Benny Gantz endureceu o tom desta campanha contra a “Lista Unida” de partidos árabes israelenses, aliados em potencial, que haviam surpreendido em setembro ao ocupar a terceira posição e, desta vez, com 15 cadeiras no Parlamento, um recorde.

Viva Israel

One thought on “Após vitória eleitoral, Netanyahu em boa posição para formar governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Cientistas israelenses dizem ter vacina contra coronavírus em apenas algumas semanas

sex mar 6 , 2020
Cientistas israelenses dizem que estão a apenas algumas semanas da liberação da primeira vacina do mundo contra o mortal Coronavírus. No vídeo abaixo, Itai Bloch, chefe de química computacional e equipe de previsão de antígenos racionais do MIGAL Research Institute, explica como eles acreditam que podem estar muito perto de […]
coronavirus