Linha de alta tensão de Chernobyl foi danificada

Múltiplas mortes e ferimentos causados ​​por bombardeios na capital ucraniana

Chernobyl

Prédios residenciais foram bombardeados, a guerra entra em seu 19º dia. 

Além disso, pelo menos uma pessoa morreu e três ficaram feridas quando um projétil atingiu um prédio residencial em Kiev na manhã de segunda-feira, informou a TV estatal ucraniana.

De acordo com o conselheiro do Ministério do Interior ucraniano, Anton Gerashchenko, duas pessoas morreram e três foram hospitalizadas.

Um prédio de nove andares no distrito de Obolon, em Kiev , foi atingido e várias andares foram destruídos, segundo a mídia estatal ucraniana. 

Os serviços de emergência estão limpando o espaço. 

Booking.com

Os combates continuaram ocorrendo na região de Donetsk, com fontes ucranianas alegando que os russos continuavam avançando em direção a Kharkiv. 

Mais de 2.500 moradores da cidade portuária de Mariupol, no Mar Negro, foram mortos desde o início da invasão, disse o assessor presidencial Oleksiy Arestovych em entrevista televisionada nesta segunda-feira.

Ele disse que estava citando números da administração da cidade de Mariupol e acusou as forças russas de impedir que a ajuda humanitária chegasse à cidade cercada no domingo. A Rússia disse que não tem como alvo civis.

Na segunda-feira, 90 crianças ucranianas foram mortas e mais de 100 ficaram feridas, nos combates até agora, informou o Ukrinform. 

Um judeu ultraortodoxo se alistou no exército ucraniano para lutar contra a invasão russa

A fábrica de aeronaves Antonov em Kiev foi bombardeada pelas forças russas, disse o governo da capital na segunda-feira.

20 soldados separatistas foram mortos e nove ficaram feridos em combates com as forças ucranianas na região de Donetsk.

Uma linha de alta tensão para a usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, foi danificada pelas forças russas pouco depois que o fornecimento de eletricidade foi restaurado para a instalação, disse a operadora de rede Ukrenergo em comunicado nesta segunda-feira.

Não informou se toda a alimentação externa da usina foi perdida em função dos danos, mas exigiu acesso à área para realizar os reparos.

A Ukrenergo não apresentou provas dos danos ou das ações das forças russas e a Reuters não conseguiu verificar de forma independente a extensão dos danos ou a causa dos mesmos.

As forças russas ocuparam a usina nuclear logo após invadir a Ucrânia em 24 de fevereiro.

Ataque a Yavoriv

O ataque russo ao Centro de Manutenção e Segurança Internacional da Paz da Ucrânia em Yavoriv, ​​uma base de treinamento militar a menos de 25 quilômetros da fronteira com a Polônia, membro da Otan, teve como objetivo criar pânico entre a população civil, disse o primeiro-ministro polonês Mateusz Morawiecki nesta segunda-feira. dia após o ataque que matou 35 pessoas.

“Um ataque com mísseis a apenas 20 quilômetros de nossa fronteira mostra como a Rússia opera. A Rússia quer criar pânico entre a população civil”, disse Morawiecki em entrevista coletiva conjunta com seus colegas da Ucrânia e da Lituânia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.