Nentayahu respondeu aos EUA sobre a soberania das colinas de Golã

Após declarações controversas do novo Secretário de Estado dos EUA, o primeiro-ministro garantiu que Israel preservará esses territórios “para sempre”.

“Israel manterá as Colinas de Golã para sempre”, disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu na terça-feira, depois que o novo secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, se expressou sobre o reconhecimento do território no norte de Israel.

Em 2019, o então presidente americano Donald Trump se diferenciou de outras potências mundiais ao reconhecer as Colinas de Golã dentro da jurisdição israelense.

colinas de Golã
Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

Blinken, sucessor de Mike Pompeo, disse que o controle deste território (também próximo ao Líbano e Jordânia) é “de real importância para a segurança de Israel”, mas ele foi cauteloso ao reconhecer a soberania do país sobre a região: “As questões legais são outra coisa e, com o tempo, se a situação mudar na Síria, vamos analisá-las. Embora nem estejamos perto disso.”

Booking.com

Além disso, ele acrescentou que o governo do presidente sírio Bashar al-Assad, bem como a presença de milícias apoiadas pelo Irã, representam uma “ameaça significativa à segurança” de Jerusalém.

Os conselheiros de Biden haviam dito antes que Washington não retiraria o reconhecimento da soberania israelense sobre as colinas de Golã. No entanto, Blinken não foi tão decisivo a esse respeito.

colinas de Golã
Um soldado israelense perto da fronteira com a Síria.

“No que me diz respeito, as Colinas de Golã permanecerão para sempre parte do Estado de Israel. Uma parte soberana…” Netanyahu declarou.

A Síria, por sua vez, há muito exige o retorno dos territórios. Mas Israel é muito firme nisso. A anexação unilateral da área pelas autoridades de Jerusalém não foi reconhecida internacionalmente e, de fato, recebeu críticas de muitos governos ocidentais.

Lembrando que todo esse território sempre foi e sempre será de Israel, quem conhece história sabe disso!

Leia mais:

David Elmescany

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

A falta de sistemas de oxigenação em Israel é grave

qua fev 10 , 2021
O Ministério da Saúde alertou na segunda-feira que o número crescente de pacientes com COVID-19 nos hospitais está começando a exceder os sistemas de Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO), disponíveis para fornecer suporte cardíaco e respiratório prolongado a pacientes em estado crítico. A ECMO é um equipamento de ventilação mecânica […]