Como vim parar em Israel?

Viajar para Israel é o sonho de muitos brasileiros, mas morar em Jerusalém era o meu sonho! e hoje vivo aqui como os que sonham…

Para chegar na chamada “Terra Santa” passei por uma verdadeira peregrinação, tive que ultrapassar muitos obstáculos, e precisei passar por uma mudança de Mindset, ou seja, de mentalidade.

Viajar para Israel

Eu queria vir para Israel, mas não como turista, porém, também não sabia de outras oportunidades, como depois descobri que existia a possibilidade de visto para voluntário.

E uma frase que me ajudou a abrir os olhos para as oportunidades e sair da zona de conforto e correr atrás do meu sonho foi uma frase do Rebe de Lubavitch:

“Ninguém se encontra numa situação; você se coloca nessa situação. E se você se colocou nessa situação, pode colocar-se em outra!”.

Imagina você sair do seu país para participar de um programa de voluntariado em uma nação que a mídia brasileira divulga como se estivesse em guerra o tempo todo, que você não fala o idioma, e para realizar uma nova atividade desafiadora pela primeira vez na vida?!

Parece muito difícil, mas está sendo mais fácil do que eu poderia imaginar. Para mim o voluntariado com os autistas tem sido uma experiência incrível de superação e motivo de alegria todos os dias.

E sabe o que estou aprendendo com os amigos autistas? Organização, rotina e hiperfoco. Os amigos autistas que eu trabalho como voluntária, são muito inteligentes e talentosos. É muito fofo como eles falam o meu nome com àquele sotaque Israelense maravilhoso, é como música para os meus ouvidos! Estou muito feliz por eles gostarem de mim, porque eu amo todos eles! São como meus filhos.

Estou amando esta experiência de voluntariado e estou imensamente feliz e realizada porque pela primeira vez, eu sinto que estou cumprindo o meu propósito de vida. 

E você tem vontade de vir para Israel? está cumprindo o seu propósito de vida? Me responde nos comentários ok?!

Fernanda Thomaz

9 thoughts on “Como vim parar em Israel?

  1. Boa noite,
    Eu estou aqui com visto para 3 meses mas gostaria de saber como funciona o voluntariado. E se é possível mesmo eu não sabendo nem inglês nem hebraico. E como voluntário acredito que não se é remunerado. Então como fazer pra ser voluntário e ainda garantir 9 sustento?
    Aguardo resposta.

    1. Mazal Tov , Fernanda. Estou te acompanhando desde o dia que vc chegou em Israel para esse mega trabalho de voluntariado. Breve estarei aí tbm como voluntária 🙂

    2. Shalom! que maravilha, gostaria de saber como posso fazer parte do serviço de voluntários em Israel,pois gostaria muito de oferta um pouco do meu tempo servindo ao meu Eterno Criador, para abençoar o seu povo amado q a Bíblia sagrada fala tanto os israelense,um abraço aguardo resposta.

  2. Shalom…Eu amo Israel, já estive em Israel 12 vezes, levando caravanas, porém gostaria de fazer este trabalho como voluntária, se puder me ajudar nisso, ficarei muito feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Evangélicos apoiam judeus na Judeia e Samaria para cumprimento de “profecia bíblica”

dom set 15 , 2019
Voluntários evangélicos estão ajudando colonos judeus nas vinhas de Shiló, na Cisjordânia. A região está no centro do conflito entre israelenses e palestinos. Os judeus colonos que vivem nas colinas de Shiló, na Cisjordânia, não são os únicos a trabalharem na colheita das vinhas. Evangélicos norte-americanos também fazem parte do […]