Drones de entrega são uma realidade em Israel

Drones de entrega são usados por lares de idosos e centros de saúde. Mas falta regulamentação e aprimoramento da tecnologia de proteção dos sinais GPS, hoje o maior obstáculo que enfrentam.

A rede de entrega de drones em Israel continua a se expandir, e o Ziv Medical Center em Safed se tornou a mais recente organização de saúde a usar esse tipo de tecnologia para entregas dentro de suas instalações.

O teste do drone de entrega começou no Dorot Geriatric Center em Netanya há vários meses. Os drones agora serão usados ​​no Ziv Medical Center para entregar remédios e kits de teste dentro de seu complexo, reduzindo, como resultado, o contato pessoal e a carga de trabalho do hospital, além de acelerar o tempo de entrega .

O principal objetivo destes testes com “drones de entrega” é permitir ao Estado aprovar o regulamento que está a criar para o sector, no âmbito dos programas-piloto de utilização de tecnologias de drones no espaço aéreo gerido.

Um dos drones usados ​​para entrega.
Um dos drones usados ​​para entrega.

Uma das demandas do Estado às empresas participantes do programa de drones de entrega é ter capacidade para enfrentar uma das ameaças crescentes no setor de drones: a interrupção dos sinais de GPS de que dependem os drones. para sua navegação. “Este é um problema bem conhecido dos exércitos em todo o mundo e também pode comprometer grandes investimentos no setor civil”, disse Yaki Baranes, que chefia a divisão de consultoria estratégica e de gestão da Baker Tilly, que recentemente aconselhou várias empresas na conveniência de operar drones no espaço.

Ao contrário dos drones militares ou recreativos, os drones autônomos não são controlados por humanos o tempo todo. A interrupção da recepção do GPS pode fazer com que eles se percam e colidam com uma densa área urbana.

Leia mais: Judeus americanos e Joe Biden

O objetivo é que o drone retorne automaticamente ao local de lançamento ou pouse em pontos predeterminados ao longo de sua rota no caso de perda de sinal.

No entanto, no caso de um ataque de spoofing, o drone pode não reconhecer que se perdeu e pode continuar a voar de acordo com suas novas instruções.

Existem várias empresas que oferecem atualmente sistemas anti-bloqueio no setor da defesa, mas são caros e não são adequados para a atividade civil e comercial. “O setor de proteção de drones civis contra interrupções ainda está em sua infância e crescerá junto com a regulamentação no espaço”, acrescentou Baranes.

Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE e fique por dentro de tudo que acontece em Israel!

David Elmescany

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Raviv Kaner - Estilhaços

ter nov 17 , 2020