Foi realizado o primeiro vôo direto dos Emirados Árabes Unidos para Israel

A companhia aérea estatal dos Emirados Árabes Unidos Unidos, Etihad Airways, com sede em Abu Dhabi, enviou 14 toneladas de equipamentos de proteção para conter a disseminação do coronavírus em Gaza, Judéia e Samaria.

Um avião de carga da Etihad Airways sem logotipo transportou na terça-feira da capital dos Emirados Árabes Unidos (EAU) para Israel, assistência aos palestinos para que eles possam combater a pandemia do coronavírus, no primeiro vôo comercial direto conhecido entre as duas nações.

Como a maioria das nações árabes, os Emirados Árabes Unidos não têm laços diplomáticos com Israel.

No entanto, o voo constituiu um momento de cooperação entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, depois de anos de rumores de conversas não oficiais entre os dois países sobre inimizade mútua com o Irã e outros assuntos.

O primeiro vôo comercial direto dos Emirados Árabes Unidos para Israel pousou ontem em Tel Aviv.

“A Etihad Airways realizou um voo humanitário de carga de Abu Dhabi para Tel Aviv para entregar suprimentos médicos aos palestinos”, disse a companhia aérea à Associated Press. “O vôo não tinha passageiros a bordo”, acrescentou.

No passado, aviões particulares e diplomáticos muitas vezes tinham que viajar para um ou too país antes de irem para Israel. Autoridades dos Emirados Árabes Unidos não responderam a vários pedidos de comentários sobre o assunto.

Desinfecção em Gaza.

A agência de notícias estatal dos Emirados Árabes, WAM, divulgou posteriormente em comunicado que a aeronave entregou 14 toneladas de equipamentos de proteção, suprimentos médicos e respiradores “para conter a propagação da pandemia do COVID-19 e suas conseqüências adversas nos territórios palestinos. ” A agência não reconheceu o voo ou sua relevância.

O voo de carga aterrissou na noite de terça-feira no aeroporto Ben Gurion, a carga irá para se utilizado nas ações da ONU para combater a pandemia.

Nem a Faixa de Gaza, nem a Judéia e a Samaria têm aeroportos próprios; portanto, a maior parte da carga direcionada ao território palestino deve primeiro passar por Israel.

Inscreva-se já e fique por dentro das noticias de Israel e do mundo

* indicates required

David Elmescany

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Israel e Hezbollah se preparam para a guerra

qui maio 21 , 2020
Tropas israelenses estão se preparando para uma possível invasão do Líbano e rotineiramente lançam ofensivas contra alvos do Hezbollah na vizinha Síria, enquanto o grupo terrorista consolida suas forças, depósitos de armas e ameaça atacar. No entanto, nenhum dos lados parece ter interesse em iniciar uma guerra tão cedo. Vinte anos […]