Exército de Israel convoca reservistas para ajudar no combate ao coronavírus

Benete

O ministro da Defesa Naftalí Bennett assinou a ordem autorizando as Forças de Defesa de Israel (IDF) a convocar 2.000 reservistas para reforçar o Comando da retaguarda (Pikud Haoref) e a Defesa Civil.

O objetivo da ordem é permitir que o IDF enfrente tarefas que serão atribuídas a ele no âmbito da luta contra a propagação do vírus COVID-19.

O Ministério da Saúde anunciou que o número de pessoas doentes com coronavírus aumentou para 344. Dois dos pacientes estão em estado grave.

Enquanto isso, o Waquaf, a entidade que administra a herança islâmica, resolveu proibir as orações dentro da mesquita de Al Aqsa, por medo da propagação do coronavírus. Também o Domo da Rocha será fechado para orações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.