Exército de Israel exige forças extras na região da fronteira com Líbano

As forças armadas de Israel disseram neste sábado que ordenaram que forças adicionais fossem enviadas ao seu comando do norte e adiaram um exercício de treinamento, à medida que tensões permanecem altas com o Hezbollah, movimento armado xiita do Líbano.

O exército disse que na semana passada suas “forças terrestres, aéreas, da marinha e da inteligência melhoraram sua preparação para vários cenários na área de comando do norte”.

Os militares publicaram no Twitter imagens de tanques e forças terrestres sendo implantadas.

Israel e Hezbollah, que travaram uma guerra em 2006, estão em alerta máximo depois que drones foram usados no domingo para atacar o que um oficial de segurança da região descreveu como um alvo vinculado a projetos de mísseis guiados com precisão.

Os militares israelenses publicaram detalhes sobre uma extensa campanha patrocinada pelo Irã para fornecer ao Hezbollah os meios para produzir mísseis guiados com precisão.

Esses mísseis – que o Hezbollah reconhece possuir – poderiam potencialmente contrabalançar a esmagadora força militar de Israel em qualquer guerra futura, com a capacidade de atacar importantes locais de infraestrutura.

Viva Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

O filho do Hamas

dom set 1 , 2019
O filho do Hamas desmascara um pouco mais da hipocrisia mal-intencionada da ONU. A impressão que fica não é a de que há um ladrão na casa, como disse Mosab Hassan, mas sim de que a casa é de ladrões, e esses ladrões estão bem desconfortáveis com a presença de […]