Foguete disparado de gaza em direção ao sul de Israel

foguete disparo de gaza
Iron Dome interceptando durante combate em 2021

Sirenes de foguetes soaram nas comunidades fronteiriças de Ashkelon e Gaza depois que um foguete foi disparado de Gaza contra Israel na manhã de sábado, afirmou o IDF. O sistema de defesa antimísseis Iron Dome interceptou o foguete.

Caças israelenses retaliaram atacando uma oficina de munições em um posto avançado do Hamas, bem como três outras posições do Hamas. Tiros de Gaza foram direcionados a Netiv Ha’asara no final do sábado, de acordo com relatos da mídia hebraica. Nenhuma vítima foi relatada.

As sirenes soaram às 3h10 e moradores da área relataram ter ouvido explosões. 

Relatórios palestinos disseram que dois foguetes foram disparados, mas a IDF disse que apenas um lançamento foi identificado. Um porta-voz da IDF afirmou que os detalhes estão atualmente sob investigação. 

LEIA MAIS

Irã se prepara para realizar um teste de lançamento de foguete satélite
Longo COVID pode estar por trás da misteriosa hepatite infantil
Banco Mundial prevê futuro sombrio à medida que a economia global enfrenta múltiplas crises
Aumento nos casos de pessoas possuídas

Violência começou na sexta-feira

Um balão de observação israelense caiu sobre Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza, na tarde de sexta-feira, com relatos palestinos afirmando que o IDF atingiu a área pouco depois.

Os relatórios afirmavam que grupos terroristas palestinos conseguiram apreender o balão, e as IDF inicialmente afirmaram que não havia preocupação de um vazamento significativo de informações e que a situação estava sob controle.

No entanto, um alerta vermelho foi ativado em uma área aberta perto do cruzamento de Erez devido a tiros de alerta disparados pelas IDF, de acordo com o porta-voz da IDF. Pouco depois, a mídia palestina informou que pelo menos dois mísseis foram disparados por Israel em direção a um alvo em uma área aberta perto da Passagem de Erez, em Gaza. Fotos supostamente da cena mostraram duas nuvens de fumaça após os ataques.

O ataque ocorreu depois que três terroristas palestinos foram mortos em confrontos armados com forças da IDF em Jenin na manhã de sexta-feira, as Brigadas terroristas de al-Quds da Jihad Islâmica Palestina alertou que Israel “pagará um preço alto” pelo incidente.

O Hamas também ameaçou retaliar as mortes, afirmando em seu site que os “assassinatos covardes” “não ficarão impunes”.