Forças russas podem usar armas químicas, diz enviado da Ucrânia à OPCW

Armas químicas

O representante permanente da Ucrânia na Organização para a Proibição de Armas Químicas emitiu na terça-feira uma carta chocante à OPCW (Organização para a Proibição de Armas Químicas), alertando que as forças russas em Donetsk ocupada podem usar armas químicas como pretexto para avançar sua maquinaria de guerra. na Ucrânia .

“De acordo com as informações de inteligência da Donetsk temporariamente ocupada, os ocupantes estão distribuindo máscaras de gás para militantes locais e militares russos. Existe a possibilidade de provocação, como explodir tanques industriais com produtos químicos”, escreveu Maksym Kononenko, embaixador da Ucrânia na OPCW.

Kononenko acrescentou que “a Rússia provavelmente acusaria os militares ucranianos dessa sabotagem contra a população civil. Declaramos que, ao contrário dos ocupantes russos, a Ucrânia não usa esses métodos. Não temos armas químicas e, ao contrário da Rússia, nunca as usaríamos.”

Ele continuou que “a Ucrânia é um forte defensor da Convenção de Armas Químicas…, que é amplamente reconhecida como o primeiro instrumento multilateral, proibindo toda a classe de armas de destruição em massa sob controle internacional rigoroso e eficiente e mecanismos de conformidade”.

A BBC informou na quarta-feira que as forças russas poderiam usar armas não convencionais e que “provavelmente se refere a armas químicas, embora o termo também abranja armas nucleares táticas (de pequena escala), armas biológicas e bombas sujas”.

Booking.com

Um funcionário ocidental disse à BBC que “temos boas razões para nos preocuparmos”.

O canal de notícias do Ministério da Defesa do Reino Unido twittou na quarta-feira que “O MoD russo confirmou o uso do sistema de armas TOS-1A na Ucrânia. O TOS-1A usa foguetes termobáricos, criando efeitos incendiários e de explosão. Assista ao vídeo abaixo para mais informações sobre esta arma e seu impacto devastador.”

De acordo com a BBC, autoridades ocidentais disseram que as preocupações com o uso de armas químicas russas podem ser exploradas para “armar o cenário” para uma operação de bandeira falsa, alegando que os ucranianos as usaram.

As “profecias” da Baba Vanga começaram a se tornar realidade?

A embaixada russa na Grã-Bretanha twittou que “MFA spox #Zakharova: documentos encontrados recentemente mostram que componentes de armas biológicas foram fabricados nos laboratórios da #Ucrânia, com financiamento de # [email protected] , nas proximidades da #Rússia”.

O regime do presidente russo Vladimir Putin está alinhado com o regime sírio na guerra civil que se desenrola desde 2011 na República Árabe da Síria . A Rússia desempenhou um papel fundamental no esmagamento dos oponentes do regime do presidente sírio, Bashar Assad, incluindo a guerra aérea contra hospitais. O número de mortos é superior a 500.000 pessoas e o regime de Assad usou armas químicas várias vezes para assassinar sírios.

Putin foi acusado de envenenar oponentes de seu regime com agentes nervosos.

Ucrânia e os palestinos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.