Novo coronavírus não foi criado pelo homem nem modificado geneticamente, aponta inteligência dos EUA

inteligência dos Estados Unidos

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (30) terem chegado à conclusão de que o novo coronavírus teve origem na China, mas “não foi criado pelo homem, nem modificado geneticamente”.

Os serviços de inteligência ainda buscam “determinar se a epidemia começou por meio de contato com animais infectados ou se foi resultado de um acidente de laboratório em Wuhan”, cidade chinesa onde surgiu a pandemia, assinala a Direção Nacional de Inteligência (DNI) em comunicado.

“A comunidade da inteligência, em seu conjunto, oferece um apoio crucial aos líderes políticos e aos que lutam contra o vírus, originado na China”, diz a DNI.

Os serviços de inteligência se unem, assim, “ao amplo consenso entre a comunidade científica” no que diz que o novo coronavírus “não foi criado pelo homem, nem modificado geneticamente”, assinala o texto, segundo o qual “continuarão sendo analisadas com rigor as informações que surgirem para determinar se a epidemia teve início por meio de contato com animais infectados ou se foi resultado de um acidente de laboratório.

O comunicado público é divulgado depois que o presidente Donald Trump disse que não descartava pedir uma compensação a Pequim pela pandemia.

Segundo a imprensa americana, Trump pediu aos serviços de inteligência dos Estados Unidos que determinassem a origem do vírus, atribuído a um mercado de Wuhan antes do surgimento de suspeitas de falha de segurança em um laboratório daquela cidade.

Segundo uma pesquisa recente da Pew Research, 29% dos americanos acreditam que o vírus foi criado em laboratório e, destes, 23% acham que intencionalmente.

Fonte: AFP

Inteligencia dos Estados Unidos

Inscreva-se já e fique por dentro das noticias de Israel e do mundo

* indicates required

Viva Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Autoridade Palestina é desmascarada no CDH da ONU.

sex maio 1 , 2020
Autoridade Palestina é desmascarada no CDH da ONU.Por 10 anos (1997 – 2007), o palestino Mosab Hassan Yousef forneceu inteligência às autoridades israelenses, impedindo diversos ataques suicidas, expondo diversas células terroristas e levando à prisão de seu próprio pai, Sheikh Hassan Yousef, líder do Hamas. Sua autobiografia foi publicada no […]
Autoridade Palestina