Irã ameaça Israel e EUA com mísseis

Irã ameaça
Maj.-Gen. Hossein Salami

Os inimigos do Irã têm uma “data de expiração”, o líder do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica, Maj.-Gen. Hossein Salami disse, a agência de notícias iraniana Tasnim.

Falando aos soldados do IRGC na quarta-feira na cidade de Dezful, no sudoeste, Salami emitiu um aviso ao estado judeu e compartilhou informações sobre a abordagem iraniana às negociações com os EUA sobre sanções.

Ele disse que Israel terá que “suportar o gosto amargo dos mísseis se não for cuidadoso”, enquanto afirma que a “estratégia de sanções fortes e agressivas” de Washington fortaleceu o IRGC “em todos os sentidos”.

“Os inimigos estão recuando gradualmente e suas políticas não são mais eficazes”, disse ele.

Foi relatado na semana passada que os EUA estão considerando remover o IRGC de sua lista negra de organizações terroristas estrangeiras em troca de garantias iranianas de desescalada no Oriente Médio.

Booking.com

Enorme erupção solar pode atingir a Terra nos próximos dias

“Entramos em uma nova era… O sol se pôs sobre os poderes do mal”, disse ele, referindo-se ao Ocidente e em particular a Israel e os EUA. A revolução islâmica “acelerou a erosão e a decadência das civilizações ocidentais.

“O século anterior foi escrito pelos inimigos e pelos ocidentais. Foi o século do cativeiro e escravidão dos muçulmanos, da ignorância moderna, de um mundo bipolar em que o Ocidente é avançado e nós atrasados ​​e dependentes dos outros.

“Nós não apenas realizamos funerais para nossos mártires, mas também exigimos vingança imediata por eles”, disse Salami, possivelmente referindo-se ao assassinato pelos americanos do comandante da Força Quds, Qasem Soleimani.

Ajude na manutenção do site doando qualquer quantia para o PIX – [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.