Israel baixou a barreira de mil casos por dia

É a primeira vez em três meses que menos de mil casoscde infecções são registradas em um dia útil. A grande maioria dos pacientes em condições graves não foi vacinada.

O Ministério da Saúde de Israel informou que nesta quinta-feira, pela primeira vez desde 18 de julho, menos de mil casos de coronavírus foram registrados em um dia útil.

Ontem, 983 novas infecções foram verificadas de um total de aproximadamente 83.500 testes realizados, marcando uma taxa de positividade de 1,2%.

Uma criança passa por um teste de coronavírus em Jerusalém.

Os dados do ministério mostram que nos hospitais do país há 448 pacientes internados por COVID-19, 311 deles em estado crítico e 155 conectados a ventiladores artificiais. Cerca de 78,5% dos casos graves são de pessoas que não foram vacinados.

Atualmente, existem cerca de 14.500 pacientes ativos em Israel, a maioria deles em uma condição muito leve. Mais da metade, 8.427, são estudantes do sistema educacional. Na manhã de sexta-feira, havia 48.796 alunos isolados por contato próximo.

Leia mais:

Booking.com

Novos confrontos em Jerusalém

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.