Israel e Bahrein vão assinar acordo de paz

Bahrein se torna a segunda nação árabe a reconhecer Israel em menos de um mês. 

Israel e Bahrein vão assinar acordo de paz
Rei Hamad bin Isa Al Khalifa, Presidente Donald Trump e Primeiro Ministro Netanyahu.

O que era um boato na sexta-feira foi confirmado com um comunicado conjunto emitido pelo Bahrein, Israel e os Estados Unidos, que caracterizou o acordo como “um avanço histórico para promover a paz no Oriente Médio”.

O Bahrein outra nação árabe a concordar em normalizar os laços com Israel como parte de um esforço diplomático mais amplo do presidente dos EUA, Donald Trump, e seu governo para integrar totalmente o Estado ao Oriente Médio.

Trump anunciou o acordo na sexta-feira, após uma teleconferência que ele teve com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o rei do Bahrein, Hamad bin Isa Al Khalifa. Os três líderes também emitiram uma curta declaração conjunta de seis parágrafos. “Outro avanço HISTÓRICO hoje!” expressou Trump em um tweet.

O anúncio no 19º aniversário dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 veio menos de uma semana antes de Trump organizar uma cerimônia na Casa Branca para marcar o estabelecimento de relações plenas entre Israel e os Emirados Árabes Unidos.

Leia mais: Primeiro voo comercial direto entre Israel e Emirados pousa em Abu Dhabi

O ministro das Relações Exteriores do Bahrein estará presente no evento.”Não há resposta mais poderosa ao ódio que o 11 de setembro gerou do que este acordo”, disse Trump a repórteres na Casa Branca. Este acordo representa outra vitória diplomática para Trump, e ao mesmo tempo, significa uma oportunidade de obter apoio entre os cristãos evangélicos pró-Israel.

Na semana passada, Trump anunciou acordos para Kosovo reconhecer Israel e para a Sérvia mudar sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém.

“Este é um avanço histórico para promover a paz no Oriente Médio”, disseram os três líderes no comunicado conjunto.

A abertura de diálogo direto e laços entre essas duas sociedades dinâmicas e avançadas continuará a transformação positiva do Oriente Médio e aumentará a estabilidade, segurança e prosperidade na região.

Assim como os Emirados Árabes Unidos, o acordo Bahrein-Israel vai normalizar as relações diplomáticas, comerciais, de segurança e outras entre os dois países.

Siga Viva Israel no Instagram e facebook

O Bahrein, junto com a Arábia Saudita, já suspendeu a proibição de voos israelenses usando seu espaço aéreo.

Israel e Bahrein vão assinar acordo de paz
Jared Kushner, principal conselheiro e genro de Donald Trump.

O genro e assessor sênior de Donald Trump, Jared Kushner, destacou que este acordo é o segundo que Israel chega a um país árabe em menos de 30 dias, depois de apenas duas nações terem dado esse passo, Egito em 1975 e Jordânia, em 1994. .”Isso é muito rápido”, disse Kushner à Associated Press. “A região está respondendo muito favoravelmente ao acordo com os Emirados Árabes Unidos e espero que seja um sinal de que mais virão.”

David Elmescany

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Rami Kleinsten AO VIVO

dom set 13 , 2020