Israel irá transferir 800 milhões de shekels (cerca de 210 milhões de euros)

Israel irá transferir

Israel irá transferir 800 milhões de shekels (cerca de 210 milhões de euros) para a Autoridade Palestina para compensar a perda de sua renda causada pela crise do novo coronavírus, informou uma autoridade israelense.

Segundo o funcionário, o Ministério das Finanças da Palestina solicitou um empréstimo no mês passado e os serviços de segurança israelenses o aprovaram.

A entrega da quantia será feita em quatro parcelas a partir de junho para apoiar a economia palestina, disse a autoridade à AFP, que pediu anonimato.

Israel recolhe e transfere milhões por mês em impostos e taxas alfandegárias para os palestinos sobre produtos importados por palestinos e que transitam pelos portos de Israel. No entanto, a crise da pandemia de COVID-19 causou uma diminuição nas importações.

Desde fevereiro de 2019, Israel reteve uma parcela dos impostos dos palestinos, que alega corresponder a benefícios pagos pela Autoridade Palestina a famílias de palestinos presos ou mortos por terem cometido ataques contra Israel.

Booking.com

Os palestinos consideram heróis os terroristas presos por Israel. O Estado de Israel acredita que esses benefícios incentivam a violência.

O funcionário israelense enfatizou que o empréstimo não tinha nada a ver com os fundos retidos, que, segundo ele, atualmente somam 650 milhões de shekels (cerca de 171 milhões de euros) e acrescentou que estes serão desbloqueados quando a Autoridade Palestina parar de financiar terroristas e suas famílias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.