Lufthansa retorna seus vôos para Israel

A companhia aérea alemã, uma ponte entre a Europa e muitos viajantes latino-americanos, voltará a pousar em Tel Aviv a partir de junho.

Dois meses e meio depois de fechar todas as rotas para Israel, a empresa alemã Lufthansa anunciou que voltará a operar no aeroporto Ben Gurion a partir de junho.

Os 32 vôos semanais da Lufthansa para Tel Aviv antes das restrições ao coronavírus haviam se tornado uma ponte regular para Israel para milhares de passageiros, países alemães e latino-americanos que fazem uma conexão na Europa.

Considerada a maior companhia aérea da Europa, a rota para Tel Aviv é uma das primeiras a ser adotada pela Lufthansa através de seis vôos semanais de Frankfurt e Munique.

Lufthansa retorna voos a israel
Os passageiros que chegam a Israel devem passar por um período obrigatório de isolamento. ( Ynet )

“Estamos empolgados em retomar esses vôos, Israel é um dos primeiros alvos do Grupo Lufhtansa devido a questão de confiança e a importância de seu mercado”, disse Ofer Kish, diretor da sede da companhia aérea em Israel que na quinta-feira permitiu a reserva de bilhetes através de transações diretas e agências de viagens.

Como qualquer voo internacional que pousa em Israel, os passageiros que chegarem serão obrigados a ficarem em quarentena os 14 dias para impedir a propagação do coronavírus no país.

David Elmescany

One thought on “Lufthansa retorna seus vôos para Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

O Primeiro Ministro Netanyahu ordenou que todas as escolas voltem no domingo

sex maio 15 , 2020
O primeiro-ministro aprovou a reabertura completa das escolas a partir de domingo, de acordo com um plano do Ministério da Educação que trará todos os alunos de volta ao sistema educacional. O primeiro-ministro aceitou um plano proposto pelo Ministério da Educação para reabrir as escolas, mas anunciou que as áreas […]