O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu o Hezbollah libanês, contra qualquer operação que tenha Israel como alvo, um dia depois de uma incursão à Síria em represália a “tentativas” de colocar bombas na fronteira. “Tínhamos investido contra uma célula, e agora estamos fazendo isso contra os responsáveis”, afirmou Netanyahu, referindo-se […]