Refutando a mentira palestina.

A questão da divisão da Palestina é uma das mais complexas de se resolver. Por outro lado, não é tão complexa assim de se entender: em suma, os muçulmanos palestinos e estados muçulmanos da região não toleram o convívio com os judeus nem querem que estes tenham, ali, um estado independente. Mais de uma vez, a comunidade internacional e o próprio Estado de Israel ofereceram aos palestinos um estado independente próprio, sendo rejeitados em todas as tentativas, frequentemente recebendo respostas belicosas. Tanto antes quanto depois do estabelecimento da Autoridade Palestina, não havia possibilidade de acordo que, prevendo a existência de um estado para os judeus, fosse aceito pelos palestinos. Como sempre, a postura do ex presidente Barack Obama ao tratar do assunto era a de tentar demonstrar alguma supeioridade moral, como se não conhecesse a história da região. Assim também, frequentemente, é a postura da mídia. Resta a questão: agem todos assim por coincidência, ou há algo por trás?

Tradução: Andrey Costa

Viva Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Autoridade Palestina é desmascarada no CDH da ONU.

dom nov 18 , 2018
Por 10 anos (1997 – 2007), o palestino Mosab Hassan Yousef forneceu inteligência às autoridades israelenses, impedindo diversos ataques suicidas, expondo diversas células terroristas e levando à prisão de seu próprio pai, Sheikh Hassan Yousef, líder do Hamas. Sua autobiografia foi publicada no Brasil pela Editora Sextante sob o título […]