Rússia confronta Finlândia e Suécia enquanto invasão da Ucrânia entra no 8º dia

A Rússia enviou cartas à Finlândia e à Suécia exigindo que forneçam garantias de segurança, de acordo com a estação de rádio Echo of Moscow, já que os países nórdicos manifestaram interesse em aderir à OTAN.

A emissora de rádio ” Eco de Moscou ” alinhada pelos liberais foi retirada do ar pelas autoridades russas na terça-feira. O conselho de administração do Eco de Moscou decidiu dissolver a estação e seu site na manhã de quinta-feira.

Putin coloca força nuclear em ALERTA

As demandas russas vêm depois que pesquisas na Finlândia e na Suécia mostraram um crescente apoio público à adesão à OTAN e duas iniciativas de cidadãos pedindo ao governo finlandês para realizar um referendo sobre o assunto ou para aderir à aliança sem um referendo atingiu o número de assinaturas necessárias para exigir que o parlamento os discuta.

A última iniciativa afirmou que a Finlândia deve aderir à OTAN para cumprir sua obrigação constitucional de salvaguardar os direitos humanos.

Booking.com

Quatro caças russos violaram o espaço aéreo sueco na quarta-feira, com o comandante da Força Aérea da Suécia chamando o ato de “não profissional e irresponsável”.

Na sexta-feira, a Rússia alertou a vizinha Finlândia sobre “sérias repercussões militares e políticas” se a nação escandinava optar por se juntar à Otan após a invasão da Ucrânia.

Sirenes de ataque aéreo foram ativadas várias vezes durante a noite de quarta-feira em toda a Ucrânia, com várias explosões relatadas em Kiev durante a noite.

Oito pessoas, incluindo pelo menos duas crianças, foram mortas em um ataque aéreo russo em Izyum, ao sul de Kharkiv, na noite de quarta-feira, de acordo com o vice-presidente do conselho da cidade de Izyum. Um prédio do departamento de polícia também foi atingido no ataque.

Em Sumy, a Administração Militar Regional da área informou que cinco pessoas ficaram feridas em um ataque com mísseis contra o departamento militar do Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU), a 27ª Brigada de Artilharia de Foguetes e o corpo de cadetes.

O Ministério da Defesa ucraniano informou na manhã de quinta-feira que quatro grandes navios de desembarque russos e três barcos de mísseis foram vistos no Mar Negro em direção a Odessa.

Uma atualização de inteligência da manhã de quinta-feira do Ministério da Defesa do Reino Unido afirmou que a grande coluna russa avançando sobre a capital da Ucrânia ainda estava a 30 km do centro da cidade devido à forte resistência ucraniana, avarias mecânicas e congestionamento. A atualização acrescentou que pouco progresso discernível foi feito em mais de três dias.

As cidades de Kharkiv, Chernihiv e Mairupol foram alvo de pesados ​​bombardeios russos, mas permaneceram sob controle ucraniano na manhã de quinta-feira.

1 comentário em “Rússia confronta Finlândia e Suécia enquanto invasão da Ucrânia entra no 8º dia”

  1. Torcemos pela Ucrânia!É inadmissível esse ataque,essa invasão,dos russos à Ucrânia.E menos ainda que os generais russos,sentados confortáveis em suas poltronas macias,mandem para o combate jovens russos que não têm nenhuma vontade de massacrar o povo ucraniano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.