Autoridade Palestina destrói sítio arqueológico de 2.300 anos antes de cristo.

2.300 anos

De acordo com a organização israelense Shomrim al Hanetzach, um muro datado de 2.300 anos a.e.c, teria sido destruído no local conhecido como o altar de Josué, no monte Ebal.

O motivo dos danos seria a construção de uma estrada pela Autoridade Palestina.

O sítio arqueológico fica localizado na atual cidade de Nablus, no território da Cisjordânia.

Booking.com

Segundo o grupo israelense, trabalhadores palestinos teriam derrubado partes de um muro preservado por arqueólogos israelenses, para continuar a construção de uma rodovia na região.

Devido a disputa entre o estado de Israel e a Autoridade Palestina pelos territórios da Cisjordânia, as denúncias causaram repercussões entre o governo israelense.

Diversos líderes partidários afirmaram que a destruição do local deve ser condenada. “Existem tentativas de enfraquecer nosso domínio na nossa pátria e obscurecer o passado judeu na terra de Israel, ambos por atos terroristas e destruições arqueológicas”, afirmou o Ministra da Justiça Ayelet Shaked.

Sobre o altar de Josué, no monte Ebal

De acordo com arqueólogos as ruínas no monte Ebal datam de aproximadamente 2.300 anos a.e.c. As construções fazem parte do que foi relatado no livro de Josué (8:30-32).

“Então, Josué edificou um altar ao Senhor, o Deus de Israel, no monte Ebal, como Moisés, servo do Senhor, ordenara aos filhos de Israel, como está escrito no livro da lei de Moisés, um altar de pedras brutas, sobre o qual ninguém tinha levantado qualquer ferramenta; e ofereceram sobre ele holocaustos ao Senhor, e sacrificaram ofertas. E ele escreveu ali em pedras uma cópia da lei de Moisés, que ele escreveu diante dos filhos de Israel”.

Texto: Raphael Branco (colaborador no Rio de Janeiro)

Fonte

Leia mais:

David Elmescany

One thought on “Autoridade Palestina destrói sítio arqueológico de 2.300 anos antes de cristo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Raro manuscrito de Ester é doado a Livraria Nacional de Israel

qua fev 24 , 2021
Texto foi escrito em 1465 por judeus ibéricos Nesta semana a Livraria Nacional de Jerusalém recebeu mais um importante item para o seu acervo, um manuscrito do século XV do livro de Ester. A obra é uma reedição do texto bíblico da Tanakh (Antigo Testamento) escrito por judeus que viveram […]
manuscrito de Ester