O Merkava 4 é o F-35 dos tanques

Usando o tanque israelense, o 74º Batalhão da 188ª Brigada do Corpo Blindado das FDI conseguiu estabelecer um recorde durante as operações em Gaza: 26 acertos e 0 erros. O comandante do batalhão afirmou que sua “precisão cirúrgica” é semelhante à dos F-35.

26 acertos, 0 erros.  Merkava 4.

O 74º Batalhão da Brigada 188 do Corpo de Blindados de Israel foi renovado nos últimos meses com os tanque israelense Merkava Mark 4, modelo 400. É o mais novo tanque do exército e registrou um recorde impressionante durante as operações em Gaza.

O Merkava 4 em ação.

Os tanques acertaram com precisão cada um dos 26 bombardeios operacionais durante os cinco meses em que foram usados .

Este ano o batalhão substituiu os antigos tanques Merkava Mark 3 e, com a ajuda da tecnologia dos novos tanques, conseguiu essa conquista. Por esta razão, o Chefe do Exército, Major General Aviv Kochavi, concedeu aos combatentes do batalhão a Medalha de Apreciação do Chefe do Estado-Maior por uma unidade operacional.

A importância dos ataques direcionados da Divisão de Gaza é clara. No passado, os tanques dos batalhões blindados desta divisão já sofreram mais de uma vez, falhas de tiro ou acertos imprecisos, às vezes causando danos colaterais.

Leia mais:

Itay Zafrani, comandante do batalhão, comparou a precisão do tanque com o caça de combate F-35. “Lutamos com a poderosa aeronave F-35 porque ela é muito avançada e sofisticada”, disse ele à Ynet.

Destruição de uma posição do Hamas após uma ofensiva israelense em Gaza.

Sobre o tanque, afirmou: “O impacto é cirúrgico, há maior conforto para o pessoal na cabine de combate, há uma nova versão do sistema de comando e controle e uma versão mais moderna do sistema de defesa antimísseis”.

Os 26 ataques precisos realizados pelos combatentes do batalhão também incluíram um confronto que terminou em um tiroteio que não deveria ter ocorrido.

Um comandante de tanque disparou sem permissão em uma posição do Hamas em Gaza depois que foguetes foram disparados contra Ashkelon. O evento ocorreu como resultado de um mal-entendido na rede de comunicações.

fonte

David Elmescany

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Israel fornecerá vacinas contra o COVID-19 aos sobreviventes do holocausto.

qua jan 13 , 2021
Omer Yankelevich, Ministro dos Assuntos da Diáspora, garantiu que o Estado Judeu alocará um certo número de doses de Pfizer e Moderna para sobreviventes do Holocausto em todo o mundo. “Esta é a ordem moral que todo judeu carrega em seu coração: certifique-se de que eles nunca andem sozinhos”, disse […]