Tudo o que você precisa saber para se dar bem em Israel

Teremos na sessão: “Vivendo em Israel” no portal Viva Israel uma série de reportagens sobre o dia a dia em Israel, que vão te contar com riqueza de detalhes como é viver aqui. Você também encontrará dicas de viagens preciosas que vão te fazer economizar muito na sua viagem para a chamada “Terra Santa”, além de enriquecer o seu repertório cultural e de se emocionar com a riqueza cultural do país que é o berço da cultura judaico cristã. 

Confira as dicas: 

Idioma: hebraico, árabe e inglês (em Israel a maioria das pessoas também falam inglês. Mas atenção! quem pensa que dá pra se virar com o espanhol…vai se decepcionar viu!).

Telefonia/Wi-Fi: As companhias de telefonia celular fornecem chips pré-pagos que valem super a pena e funcionam muito bem no país todo. A Pelephone, por exemplo, funciona em Israel inteiro e tem planos pré-pagos à partir de 60 shekels que dá para um mês inteiro de viagem. (o código de área de Israel é +972). 

Custo do transporte: O custo do taxi em Israel é muito alto e não tem Uber com preço acessível como no Brasil e outros países. Mas uma boa dica pra você economizar bastante no transporte por aqui é adquirir o Rav Kav, que é uma espécie de “bilhete único” de Israel, que você pode usar nos ônibus e no trem que cruza quase a cidade toda (passando inclusive na porta da chamada “Old City”). Você pode adquiri-lo direto no aeroporto de Tel Aviv e só precisa apresentar o seu passaporte e colocar crédito (em shekel).

App de ônibus: O Moovit funciona super bem aqui em Israel e tem versão em português e inglês. Ele informa todo o trajeto! basta digitar onde você quer ir e onde você está. Você terá acesso ao nome, número e horário dos ônibus, quantidade de paradas e inclusive tem até uma opção em que você recebe um alerta para descer do ônibus quando chegar o seu ponto!

Câmbio: No próprio Aeroporto de Tel Aviv é possível trocar reais ou dólares pela moeda local que se chama “shekels” é quase o equivalente ao real, não tem tanta diferença de câmbio como no caso do dólar.

Eletricidade: As tomadas aqui são todas 220 (atenção mulheres: não adianta trazer secador 110 que não funciona viu).

Shabat: O Shabat (sábado) que vai do pôr do sol da sexta ao pôr do sol do sábado é um tempo de descanso levado muito a sério no país, principalmente em Jerusalém. Tanto que os Shopping Centers fecham e os ônibus em Jerusalém param de circular, e se você não se programar pode ficar em apuros.

Comida: A base da alimentação é vegetariana. Existe uma grande variedade de saladas, vegetais e pães. Carne aqui é quase um artigo de luxo, ou seja, prepare o bolso porque é um pouco caro. Outra informação importante é que muitos restaurantes em Jerusalém são “casher”, ou seja, não misturam carne e leite. (Conforme tradição do judaísmo). O Mc Donalds, por exemplo, não tem lanches com carne e queijo, você vai precisar escolher ou carne ou queijo.

Religião: A religião oficial é o judaísmo, e você também verá muçulmanos e cristãos. Israel é um país democrático onde é possível ver judeus e árabes convivendo sem conflitos, diferente do que se mostra na mídia internacional. E o país é muito seguro!

Dress code:  Em alguns pontos turísticos considerados sagrados, as mulheres serão convidadas a cobrir os ombros e os cabelos, e no caso do muro das Lamentações, por exemplo, os homens precisam cobrir a cabeça usando a kipá, que é um acessório usado pelos judeus e recomendado até para os turistas em alguns pontos.

Clima: No verão é muito calor. Então é recomendável trazer um bom protetor solar e andar com uma garrafinha de água e calçado confortável. 

Lembre-se que até pouco mais de 70 anos atrás Israel era um deserto. E aliás uma coisa interessante é que tem canaletas de água por todo o solo do país. É muito interessante o sistema de irrigação de Israel. 

Ah, mas no inverno chega a nevar em Jerusalém à partir de dezembro.

Dica extra super importante:

Não venha para Israel sem um seguro de viagem! O custo do atendimento médico de emergência aqui é muito alto, e não vale a pena arriscar. Uma simples consulta pode custar o equivalente a uma apólice de seguro para a viagem inteira. A empresa Assistente de Viagem possui os melhores seguros do mercado internacional, uma excelente abrangência e ainda com um custo benefício que vale super a pena! Para saber mais sobre o seguro entre em contato: www.assistentedeviagem.com.br

Ei leitor, você curte o trabalho do Viva Israel? Quer colaborar com doações ou patrocínios? entre em contato conosco!

Fernanda Thomaz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Atentado na manha deste sábado

sáb set 7 , 2019
Dois israelenses judeus, pai e filho, da cidade de Ofakim foram a Azzun (vila Palestina) para tratamento dentário.Um árabe de 15 anos se aproximou perguntando se eles eram judeus e ao responderem que sim, o terrorista puxou uma faca e os esfaqueou. O menino judeu foi esfaqueado 5 vezes nas […]