Uma Sobrevivente do Holocausto de 99 anos, derrotou o coronavírus

Sara Itzinger sobrevivente do Holocausto se recuperou totalmente da doença e já recebeu alta do hospital em Jerusalém, apesar de sofrer uma série de patologias subjacentes. Seu marido morreu de COVID-19 menos de um mês atrás.

O centro médico Sha’are Zedek, em Jerusalém, onde a mulher foi hospitalizada, confirmou a notícia na segunda-feira. “Obrigado a todos, eu só quero chegar em casa”, disse ela à equipe médica depois de se recuperar da doença.

Sobrevivente do Holocausto
Sara Itzinger e seu neto, Nitzan, chefe dos testes de coronavírus Magen David Adom em Jerusalém. ( Cortesia da família )

A mulher, chamada Sara Itzinger, e seu marido Hershel, foram diagnosticados com o COVID-19 há quase um mês, durante uma série de testes em seu lar de idosos em Jerusalém.

A saúde do marido se deteriorou rapidamente e ele faleceu alguns dias depois, aos 96 anos. No entanto, sua esposa se recuperou apesar de sofrer uma série de patologias subjacentes.

Itzinger é uma sobrevivente do Holocausto que se mudou para os Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial, onde conheceu o marido. O casal teve uma filha e 13 netos, que migraram para Israel.

Booking.com
Sobrevivente do Holocausto
Centro Médico Sha’are Zedek em Jerusalém. ( Gil Yohanan )

O casal emigrou para Israel dos Estados Unidos há cerca de um ano e residia nas instalações do lar de idosos Maon Horim, na capital israelense.

Um de seus netos, Nitzan Hefetz, é o chefe da equipe de testes do coronavírus no serviço de emergencia Magen David Adom na área de Jerusalém. Ele pessoalmente se encarregou de levar o casal à sala de emergência e realizou os correspondentes testes COVID-19. “Sara é uma inspiração para todos nós”, disse Nitzan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.