Apesar das violações do Irã, a UE quer salvar o acordo nuclear

A União Europeia informou na terça-feira que redobrará seus esforços para salvar o acordo nuclear com o Irã, apesar do que chama de “violações significativas do acordo” por parte de Teerã dos compromissos assumidos no acordo de 2015, depois que a República Islâmica anunciou que começará a enriquecer seus níveis de urânio.

O porta-voz da agência, Peter Stano, disse que as ações do Irã “terão sérias implicações em relação à não proliferação nuclear”, mas acrescentou que era do interesse de todos resgatar o acordo, para que o bloco de 27 nações “fortaleça” suas tentativas de garantir que todos cumpram os compromissos assumidos no acordo histórico.

violações do Irã

A intensificação do enriquecimento de urânio pelo Irã também levantou preocupações em Israel.

O ministro da Defesa, Benny Gantz, pediu maiores esforços internacionais para impedir a expansão iraniana.”Sabemos que o Irã continua a levar a região toda para instabilidade e optou por aumentar o enriquecimento para 20%.

O Irã é uma ameaça global e regional e estamos de olhos abertos”, disse Gantz em um comunicado em vídeo na terça-feira.”Todos têm que se unir na luta contra o Irã, com suas atividades terroristas regionais e a ameaça de suas armas nucleares”, acrescentou.

O Irã começou a enriquecer urânio na segunda-feira a níveis nunca vistos desde seu acordo nuclear de 2015 com as potências mundiais.

Leia mais:

A decisão parecia destinada a aumentar a influência de Teerã nos últimos dias do mandato do presidente dos EUA, Donald Trump, cuja retirada unilateral do acordo atômico em 2018 iniciou uma série de incidentes que vêm aumentando.

violações do Irã

O enriquecimento de urânio em suas instalações subterrâneas em Fordo coloca Teerã a um passo técnico dos níveis necessários para produção de armas.

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, disse que a ação é “totalmente reversível” se os outros parceiros do acordo também cumprissem totalmente, sem dar mais detalhes.

O Irã informou a Agência Internacional de Energia Atômica de seus planos de aumentar o enriquecimento para 20% na semana passada.

A decisão do Irã de começar a enriquecer até 20% de pureza, ja existe há uma década, e quase desencadeou um ataque israelense às suas instalações nucleares, tensões que só diminuíram com o acordo atômico de 2015, o que levou o Irã a limitar seu enriquecimento em troca do levantamento de sanções econômicas.

Outras partes do chamado Plano de Ação Global Conjunto, incluindo a União Europeia, o Reino Unido, a França e a Alemanha, têm lutado para manter vivo o acordo destinado a conter o programa nuclear do Irã.

Inscreva-se em nosso canal no YOUTUBE e fique por dentro de tudo que acontece em Israel!

David Elmescany

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

O Mar Morto em Israel está cheio de flores cumprindo assim a profecia de Ezequiel 47.

qua jan 6 , 2021
Uma profecia do livro de Ezequiel está sendo cumprida em Israel quando eles vêem o nascimento de flores na costa do Mar Morto. Essa profecia se soma a várias que ocorreram em diferentes partes de Israel. “Será também que os pescadores estarão em pé junto dele; desde En-Gedi até En-Eglaim […]